dicas-storytelling

7 dicas para usar Storytelling na sua comunicação e vender mais

Ouvir alguém contar uma boa história é sempre empolgante e muito gostoso. As marcas que entendem isso e usam o Storytelling na sua comunicação estão se destacando.

Em 2013, em São Paulo, nós estávamos produzindo o Social Media Brasil. Era um grande evento, três salas, mais de 500 pessoas em cada uma e no meio desse trabalho presenciamos algo que nos mostrou na prática o poder da narrativa.

Sim, caramelo salgado, nossa história com Marketing não é nada recente.

Bom, estávamos iniciando a palestra logo após o almoço, e quem já participou de eventos sabe que esse é um horário cruel, tanto para o palestrante quanto para os ouvintes, pois as pessoas ficam mais cansadas, dispersas.

Nesse contexto, um dos melhores palestrantes que conhecemos deu um show. Nós não nos conhecíamos antes, mas no “Boa Tarde” ele já nos conquistou.

O Fábio Mariano Borges passou 50 minutos ensinando enquanto contava histórias e sustentava a atenção das pessoas com maestria.

Como ele conseguiu isso? Por que as pessoas ficaram tão fascinadas e aplaudiram com entusiasmo no final da palestra?

É isso que você vai entender nesse post, e mais, vai saber como aplicar isso na sua comunicação para vender mais.

E para complementar o aprendizado, veja também esse vídeo no nosso YouTube:

A primeira coisa que aprendemos com o Fábio foi que ao ensinar contando histórias, você conquista e prende a atenção das pessoas.

Histórias deixam o assunto mais gostoso, desperta a atenção das pessoas e torna interessante até um assunto mais denso.

Contar uma história é a maneira mais rápida de acessar a mente e o coração das pessoas.

Uma boa história não gera só conexão, gera movimento, gera ação.

Desde os primórdios da humanidade nós contamos histórias em volta da fogueira, por isso é algo que nos envolve tanto.

Storytelling é a arte de contar histórias, de criar uma narrativa envolvente que marca e deixa memórias.

Isso não pode ser ignorado quando falamos sobre vender nossos produtos ou serviços. São as histórias que geram conexão com nosso público.

Nosso cérebro gosta de histórias e aceita bem as narrativas com começo, meio e fim.

Hoje em dia temos cada vez menos atenção, estamos cada vez mais ansiosos, mas as histórias continuam fazendo parte da nossa vida. 

O que ninguém conta sobre Storytelling

Se você está na internet para trazer sua história, ela precisa ser contada. Por você preferencialmente.

Talvez você esteja se dizendo agora que não sabe como fazer isso. Tudo bem, sabemos que contar histórias é uma habilidade.

Como toda habilidade, você pode aprender e, acima de tudo, treiná-la. O melhor é que você não precisa de um palco para fazer uma palestra e treinar. Seu Instagram pode ser seu palco.

Contar uma boa história e escrever de forma persuasiva é sobre entender o outro e saber descrever com detalhes uma situação.

Qual foi a última vez que você ficou em uma cafeteria sem fone de ouvido, sem livro, sem celular, observando as pessoas?

Quando você descreve detalhes de uma história, faz o leitor sentir junto e fazer isso envolve duas coisas:

  1. A capacidade de olhar em volta e treinar o olhar para observar a vida;
  2. Ter passado pela situação.

A verdade é que você se torna um melhor contador de histórias quando desenvolve a empatia.

Vamos praticar?

7 DICAS PRÁTICAS:

  1. Crie seu repertório pessoal, listando histórias suas e de outras pessoas. Não precisam ser histórias grandiosas ou de superação.
  2. Comece suas aulas e lives, contando histórias. Pense no contexto e escolha uma história que ajude a pessoa a se conectar com a aula.
  3. Escreva um post ainda hoje. Aproveite a hashtag “TBT” e resgate uma história antiga.
  4. Comece a prestar atenção nas pessoas. As situações estão acontecendo o tempo todo à sua volta. Algumas delas são boas histórias para você contar;
  5. Inclua detalhes para suas histórias, faça as pessoas sentirem e enxergarem o que você enxergou.
  6. Vá ao site da Amazon e compre um livro diferente. Um livro de história, de culinária, qualquer um fora do perfil que você costuma ler. Se abra para o novo.
  7. Assista ao filme Peixe grande e suas maravilhosas histórias.

Não tem segredo. Se quer ser um bom contador de histórias, pratique constantemente.

CONSELHO IMPORTANTE

Pare de pedir permissão para fazer o que você quer e contar suas histórias. 

Pare de pedir desculpa pela sua existência.

Pare de pensar no que as pessoas estão pensando.

Sua história é o que te faz único e o que você tem de mais autêntico. É o que você tem de mais precioso.

As pessoas compram você antes de comprar seu produto ou serviço. Permita-se ser visto, mostre como pode ajudar as pessoas a realizarem desejos e resolverem problemas.

As histórias são a melhor forma de conexão. A conexão gera confiança. As pessoas só compram de quem elas confiam.

Esse foi um dos motivos que nos fez gravar o ‘Era uma vez’, um curso completo sobre como usar Storytelling. Disponibilizamos gratuitamente esse material para todos os alunos da nossa Escola de Realizadores

A Escola é onde você vai aprender em um único lugar as habilidades e estratégias necessárias para criar produtos irresistíveis, atrair um público apaixonado pela sua mensagem e vender todos os dias na internet, de forma simples, sem perder sua personalidade e sem ficar refém de lançamentos.

Nós queremos que você compartilhe seu conhecimento na internet com leveza e diversão, ajude os outros e seja muito bem pago(a) por isso.

Nada mal, hein?

Bora fazer acontecer? Clica aqui e saiba mais sobre Escola de Realizadores.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email